Kafka e o elemento mítico da lei moderna: um estudo a partir da leitura de Peter Fitzpatrick

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21119/anamps.41.139-157

Palavras-chave:

Kafka, Fitzpatrick, mitologia, teoria crítica, lei moderna.

Resumo

O artigo busca apresentar a leitura de Kafka desenvolvida pelo filósofo australiano Peter Fitpzatrick, inserindo-a no contexto de sua reflexão crítica aos fundamentos míticos da lei moderna. Apresentando brevemente pontos centrais da teoria de Fitzpatrick, o artigo busca abordar o potencial de novelas e contos kafkianos na desconstrução de alguns dos paradigmas que animam a concepção moderna de lei. Mais ainda, buscar-se-á mostrar que a desconstrução dos elementos míticos da lei tem um papel emancipatório, qual seja o de trazer à tona os elementos de racismo, imperialismo, colonialismo e violência que se escondem sob o discurso tradicional de um direito racional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ricardo Araujo Dib Taxi, Universidade Federal do Pará ; Centro Universitário do Pará

Mestre e Doutor pela Universidade Federal do Pará (com período sanduiche na Birkbeck College, sob orientação do Prof. Peter Fitzpatrick). Professor adjunto de direito Civil da Universidade Federal do Pará. Professor do Centro Universitário do Pará nas disciplinas Introdução ao Estudo do Direito e Filosofia do Direito

Referências

AGAMBEN, Giorgio. A potência do pensamento: ensaios e conferências. Trad. de Antônio Guerreiro. Belo Horizonte: Ed. Autêntica, 2015.

BENJAMIN, Walter. Franz Kafka. A propósito do décimo aniversário de sua morte. In: BENJAMIN, Walter. Obras escolhidas. Trad. de Sérgio Paulo Rouanet. São Paulo: Brasiliense, 1987. v. 1.

BROD, Max. Franz Kafka; a biography. Trad. de G. Humphreis Roberts e Richard Winston. New York: Schocken Books, 1978.

BUTLER, Judith. Relatar a si mesmo: crítica da violência ética. Trad. de Rogério Bettoni. Belo Horizonte: Autêntica, 2015.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. Kafka: por uma literatura menor. Trad. de Cíntia Vieira da Silva. Belo Horizonte: Autêntica, 2014.

FITZPATRICK, Peter. A mitologia na lei moderna. Trad. de Nélio Schneider. São Leopoldo: Unisinos, 2005.

FITZPATRICK, Peter. Political agonism and the (im)possibility of Law: Kafka’s Solution. Teoria e Critica della regolazione sociale, n. 2, p. 97-115, 2015.

GAGNEBIN, Jeanne Marie. Filosofia e literatura. Limiar, v. 3, n. 5, p. O4-14 2016.

GAGNEBIN, Jeanne Marie. Limiar, aura e rememoração. São Paulo: Editora 34, 2014.

KAFKA, Franz. Carta ao pai. Trad. de Modesto Carone. São Paulo: Editora 34, 1997a.

KAFKA, Franz. Na colônia penal. Trad. de Modesto Carone. São Paulo: Companhia das Letras, 1997b.

KAFKA, Franz. Narrativas do espólio. Trad. de Modesto Carone. São Paulo: Companhia das Letras, 2002.

KAFKA, Franz. Das Urteil. Köln: Anaconda, 2008.

KAFKA, Franz. O processo. Trad. de Marcelo Backes. Porto Alegre: L&PM Pocket, 2012.

KELSEN, Hans. Teoria pura do direito. Trad. de João Batista Machado. 6. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

NASCIMENTO, Daniel Arruda. Umbrais de Giorgio Agamben: para onde nos conduz o “homo sacer”. São Paulo: LiberArs, 2014.

OST, François. Contar a lei: As fontes do imaginário jurídico. Trad. de Paulo Neves. São Leopoldo: Unisinos, 2004.

PUCHEU, Alberto. Kafka poeta. Rio de Janeiro: Azougue, 2015.

SANTOS, Bruno Barbosa. Leituras de Kafka: escólios sobre a burocracia e o exercício da lei. Cadernos de estética aplicada, n. 21, p. 51-68, 2017. Avaialable at: <http://www.revistaviso.com.br/visartigo.asp?sArti=228>. Access: 11 Jan. 2018.

WILLIAMS, James. Pós-estruturalismo. Trad. de Caio Liudvik. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 2013.

Publicado

2018-08-15

Como Citar

TAXI, R. A. D. Kafka e o elemento mítico da lei moderna: um estudo a partir da leitura de Peter Fitzpatrick. ANAMORPHOSIS - Revista Internacional de Direito e Literatura, Porto Alegre, v. 4, n. 1, p. 139–157, 2018. DOI: 10.21119/anamps.41.139-157. Disponível em: https://periodicos.rdl.org.br/anamps/article/view/415. Acesso em: 24 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos